sábado, 14 de agosto de 2010

Prove e veja que o Senhor é bom



"Busquei ao Senhor e Ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores. Clamou este pobre, e o Senhor o ouviu, e o salvou de todas as angústias. O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Provai e vede que o Senhor é bom, bem-aventurado o homem que nele confia." Salmo 34.5-8

Davi era um guerreiro. Ele passava diariamente por situações de risco á sua própria vida, pois guerreava contra nações inteiras com seu exército. Imagine a cabeça desse homem como era! Preocupações com sua vida, preocupações com sua família, e preocupações com seu povo. Fosse nos dias atuais ele poderia dizer que era um homem extressado. Mas mesmo com esse ritmo de vida, Davi conseguia ter paz. Mas qual era o segredo dele?

Davi orava; e essa era a sua "válvula de escape". Ele era um homem comum, não um super-herói, e, apesar de sempre ser vitorioso em suas batalhas, ele tinha seus momentos de fraqueza. Sempre que se sentia angustiado, ou até mesmo com medo, ele fechava seus olhos e orava á Deus, que era seu melhor amigo, o único com quem ele podia desabafar, e que certamente iria lhe entender. Esse era o segredo do seu sucesso.

Ele confiava em Deus todos os seus pensamentos, e abria seu coração com total sinceridade. E Deus nunca deixou de responder as suas orações, trazendo á ele a paz que ele necessitava para viver bem. O livro de Salmos transmite bem o que ele passou e o que Deus fez por ele, cada capítulo é uma oração feita por Davi com toda a sua sinceridade. Suas palavras sao inspiradoras!

Aqui Davi dá a dica:"Provai e vede que o Senhor é bom",  para quando, assim como ele, estamos angustiados ou com medo, façamos como ele fez:  provando a Deus, e assim conhecendo-o.

Melhor coisa na vida.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Primeiro vem a cabeça depois o coração



"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perrverso, quem o conhecerá?
Eu o senhor, esquadrinho o coração e provo..., e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto de suas ações" Jeremias 17.9-10

È fácil simplesmente deixar a vida "rolar". Ir em frente, fazendo o que for mais conveniente, sem pensar nas consequencias...uma decisão fácil, leva a outra semelhante. A vida fica satisfatória por um tempo, mas em breve você acordará e perceberá que está numa situação ruim. Tarde demais descobrirá que a situação em que se encontra é o resultado de uma série de decisões que o deixaram comprometido e o afastaram de Deus.

Parando para refletir, você até gostaria de entrar em uma máquina do tempo e fazer bem feito aquilo que foi feito de qualquer jeito. Mas as consequencias aparecerão, querendo ou não, e mesmo em arrependimento temos que passar por elas, "pagar o preço".

Existe uma única forma de driblar essa regra: agir com cautela, não com o coração, mas sim com a cabeça, pela fé e não pelo sentimento.
Não se deixe levar por aquilo que está sentindo o seu coração, a frase "Siga seu coração" é errônea, pois muitos seguem-no e depois percebem que todo aquele sentimento dissipou-se e o que ficou foram apenas arrependimentos e lições de vida.

Faça o que você sabe que deve ser feito, independente do que estiver sentindo no momento; siga, sim, a sua conciência que futuramente as recompensas serão muito maiores do que qualquer sentimento momentâneo.
Se você quer viver em paz, aja com equilíbrio, e retidão, "mantendo a cabeça acima do coração", que é o lugar dela.

domingo, 8 de agosto de 2010

Disposição para ouvir e pra falar com Deus



"O Senhor está convosco, enquanto vós estais com Ele, e se O buscardes, o achareis; porém, se O deixardes, vos deixará. E Israel esteve por muitos dias sem o verdadeiro Deus e sem sacerdote que o ensinasse, e sem lei. Mas quando na sua angústia voltaram para o Senhor Deus de Israel, e o buscaram, o acharam." II Crônicas 15:1-4.

 Quando uma pessoa passa por situação difícil, a tendência é se fechar para todos, e não reagir, muitas vezes nem pedir ajuda. Ou então correr para um amigo e desabafar, descarregar nele todo esse sentimento. A última pessoa que se lembra é de Deus.
Mas aí está o grande problema, pois existem momentos em que ninguém nesse mundo, ainda que queira, poderia nos ajudar; quando a dor é dentro, no coração, ninguém pode entrar nele e arrancar o peso.

Um coração partido, por exemplo, não existe cardiologista nesse mundo que possa juntar os pedacinhos, nem receitar qualquer remédio. Só um ser espritual, pra ter acesso á nossa alma, só Deus pode fazer isso.

Se nesse momento você sente que partiram seu coração em mil pedacinhos, ou simplesmente sente uma tristeza sem fim e sem fundamento no meio de seu peito, experimente crer nessas palavras da Bíblia, faça o teste, e verá que o resultado será imediato. Clame á Deus, chame Ele pra perto e procure iniciar uma amizade com Ele, que você vai conseguir sentir o amor que Ele sente por nós e como Ele se agrada dessa nossa atitude.

Deus nunca dorme, e está sempre disposto a ouvir aqueles que estão dispostos a falar com Ele.